Historial

A freguesia da Meadela encontra-se situada na margem direita do rio Lima, fazendo parte do perímetro urbano da cidade de Viana do Castelo, província do Minho. 

 

Em 1934, nesta freguesia, então caracterizada pela ruralidade, foi fundado o Grupo Folclórico das Lavradeiras da Meadela, sendo pelas suas características e passado considerado dos mais representativos da região.

 

Decorridas mais de 8 décadas, a freguesia mudou radicalmente mas o grupo continua a manter vivas as tradições herdadas dos seus antepassados, apresentando os seus riquíssimos trajes confeccionados artesanalmente, as danças, os cantares, as músicas tradicionais e reposições cénicas relacionadas com as lides agrárias, como o seu próprio nome “Lavradeiras da Meadela” sugere.

 

Com a alegria esfuziante que caracteriza o Folclore da região de Viana do Castelo já percorreu o país de lés a lés e, além fronteiras, esteve na Alemanha, Bélgica, Itália, Holanda, Reino Unido, República Checa e Eslováquia, Tajikistão (ex-União Soviética), Hungria, Luxemburgo, Suécia, Polónia, Grécia, Turquia, Argélia, Estados Unidos da América, Canadá, China, Letónia, Finlândia, Ucrânia, Brasil e Suiça por duas vezes e inúmeras vezes em Espanha e França.

 

Participou em inúmeros programas para cadeias de televisão de vários países.

 

Com as suas representações obteve inúmeros prémios e distinções, destacando-se pela sua importância o 1º. Prémio (Chinela de Ouro) pela sua participação e o Diploma de Honra pela indumentária no Festival Internacional de Danças Tradicionais de Szeged na Hungria, o 1º Prémio pela “Riqueza, Fidelidade Filológica e Correcta Transposição Cénica” no 26º Festival Mundial Castello de Gorizia (Itália) e a Medalha de Bronze nas 55as Folcloríadas de Dijon (França).

 

Galardoado com a Medalha de Prata de Mérito do Município de Viana do Castelo pelos altos serviços prestados na divulgação da região, aquém e além fronteiras. Foi-lhe ainda atribuído público louvor pelo Município e reconhecimento do Governo Civil pelo significado da conquista da Medalha de Bronze, em representação de Portugal, nas Folcloríadas de Dijon (França.).

 

É membro efectivo da Federação do Folclore Português e membro fundador da Associação de Grupos Folclóricos do Alto Minho. Está ainda filiado no INATEL e inscrito no Comité Internacional EUROPEADE.

 

Em 1995, foi declarado Instituição de Utilidade Pública pelo Governo Português.

 

Já em 2014, no ano em que completou 80 de existência, foi galardoado pelo Município de Viana do Castelo com o Título Honorífico “Instituição de Mérito” pelos relevantes serviços prestados à cultura popular e etnografia vianenses, sendo o primeiro Grupo de Viana do Castelo a quem foi atribuída tal distinção.